Cuba, o maior museu automotivo do mundo

By | November 20, 2012 at 1:59 am | 8 comments | Cuba, Posts quentes | Tags:

“Olha lá, um Chevrolet 51… um Dodge 52… um Plymouth 54…” Esse era eu no meu primeiro dia em Havana, gritando os nomes dos carros que nem criança na primeira vez que vai a um desfile com os personagens da Disney. O pior é que eu estava com duas brasileiras que tinha acabado de conhecer e que não ligavam a mínima para os carros que passavam. Mas eu não queria nem saber… estava em Cuba, o maior museu automobilístico do mundo dedicado às decadas de 40 e 50, com cerca de 60 mil exemplares de carros clássicos rodando pelas ruas do país. (Veja mais fotos na fanpage do Sem Destino no Facebook)

Carros Clássicos em Cuba

Plymouth 1954 em Bejucal

Carros Clássicos em Cuba

Pontiac 1951

Em 1959, quando Fidel Castro e seus amigos desembarcaram na Sierra Maestra, cerca de 150 mil carros circulavam pela Cuba de Fulgencio Batista. Com a vitória da Revolução, Cuba entrou em um processo de isolamento econômico – tanto o imposto pelo embargo americano quanto o imposto pelas peculiaridades do regime socialistas. Com isso, até uma resolução do ano passado, os cubanos não podiam comprar e vender carros livrementes, estando o comércio limitado aos automóveis que já estavam na ilha antes de La Revolución. O engraçado é que, exatamente por causa disso, Cuba virou uma espécie de museu dos grandes carrões americanos das décadas de 40 e 50. Imagine um regime socialista em uma ilha do Caribe em que um dos grandes cartões postais são os automóveis produzidos no vizinho capitalista e arqui-inimigo. Essa é uma das peculiaridades que torna Cuba tão interessante para os turistas.

Uma observação: como não sou um profundo conhecedor de carros antigos americanos, pedi a ajuda do amigo Jason Vogel, editor do caderno Carro & Etc. do Jornal O Globo, para me dizer a marca e os anos dos clássicos que ilustram esse post.

Carros Clássicos em Cuba

Ford 1956

Carros Clássicos em Cuba

Ford Consul dos anos 50

Mas essa é uma realidade que, aos poucos, vai mudando.  Em 2011, o presidente Raul Castro liberou a compra e venda de carros no país, com algumas restrições, é claro. Hoje, é possível comprar um Mercury Turnpike 1957 original por CUC 16 mil (cerca de R$ 32 mil), ou um Chevrolet 55 Bel Air por CUC 12 mil (cerca de R$ 24 mil). Leia esse post para saber mais sobre o dinheiro cubano. Preços altos, mas que devem cair com a chegada dos carros mais modernos e baratos.Se você é um aficcionado por carros antigos, vá a Cuba antes que uma possível abertura e fim do embargo acabem com a festa.

Carros Clássicos em Cuba

Mercedes 190 dos anos 50

Carros Clássicos em Cuba

Plymouth 1954

Carros Clássicos em Cuba

O trabalho de manter os carros rodando transformou boa parte dos Cubanos em mestres da restauração (e do gatilho). Para baratear a manutenção das máquinas, muitos optaram por jogar fora o beberrão de oito cilindros original e colocar motores Perkins P4 movidos a diesel, fora outras gambiarras, como usar peças de carros russos. Por duas vezes tive que ajudar a empurrar um dos taxis que me levava pela cidade. E em outra situação, me vi à pé no meio da estrada, tendo que andar até a cidade mais próxima para pegar outro carro. Mas os Cubanos geralmente são honestos, e vão fazer de tudo para que você chegue ao seu destino, seja chamando outro amigo taxista ou negociando, eles mesmos, com algum colega de profissão que esteja passando pelo local.

Carros Clássicos em Cuba

“Deve ser la rebimboca de la parafuseta”

Carros Clássicos em Cuba

Chevrolet 1949 e Buick 1950

Carros Clássicos em Cuba

Viagem ao passado

Se você quer passear em um desses carros clássicos por Cuba, há algumas opções. A primeira é pegar um almendron, os taxis coletivos de Cuba que saem a 10 pesos cubanos em Havana (ainda vou escrever um post sobre isso). A outra é um taxi particular, com valores em CUC. Dá para negociar para o cara ficar o dia inteiro rodando com você pela cidade. Há ainda a possibilidade de fazer tous programados, por cerca de 30 CUC/hora, em Havana e outras cidades turísticas. Não, amigo… infelizmente não é possível pegar um carrão antigo desses e simplesmente sair rodando por aí sem destino. Para rodar nos carros clássicos, você vai precisar de um motorista. Bom, a não ser que você queira ir pelo caminho da ilegalidade, o que é sempre possível, mas pouco recomendado.

Carros Clássicos em Cuba

Pontiac 1953

Carros Clássicos em Cuba

Carros Clássicos em Cuba

Ford Zephyr dos anos 50

Quer receber as notícias fresquinhas do blog no seu inbox? Cadastre o seu email aqui:

E aproveite para seguir o Sem Destino nas redes sociais:

 

havana

8 Comentários

  1. Gustavo - Viajar e Pensar (2 years ago)

    Só carreta Pedro.

    Belo post e imagens, aos fãs dos carrões um prato cheio.

    Havana está nos meus desejos a algum tempo, pena que a logistica aerea para se chegar lá esta cada vez mais complicada.

    Abraço

    @GusBelli

  2. Luffi (2 years ago)

    Cuba é um deleite para os olhos já por ser uma ilha linda quase parado nas últimas 6 decadas e para ajudar a este cenário tem a maior frota de carros clássicos do Mundo. é fascinante e as suas fotos retratam muito bem o que podemos encontrar pelas ruas. Quando fui a Cuba uma das primeira coisas que me disseram quando me foram buscar no aeroporto foi: “sabe qual o país com os melhores carros do Mundo?” Cuba!!! então já viu em que país do mundo via circular tanto carro com esta idade? e olhe que continuam sempre a andar!!! e Foi a mais pura das verdades

  3. Bóia Paulistaa (1 year ago)

    Oi, Pedro. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie

    Boia Paulista

  4. Michele - PlanejandoaViagem (1 year ago)

    Pedro, muito legal seu post. Parabéns!!! Fui a Cuba e foi ótimo relembrar!!! Na minha opinião, Cuba não é só uma viagem, é uma viagem no tempo! Abraços.

  5. mirella (1 year ago)

    nossa, turista nao pode alugar carro pra rodar o pais?! essa foi surpresa.
    tive amigos que fizeram Cuba de bike, acampando, dormindo em casas de familia!!! as fots sao show…
    abs

  6. Maria do Carmo Veras (1 year ago)

    Nossa adorei o post e que fotos lindas. :) abs e sucesso

  7. Pedro Serra (1 year ago)

    Eles podem alugar carro, mas não os clássicos. ;)

  8. Adriana (10 months ago)

    Oi Pedro! Adorei o seu post e realmente Cuba é o clássico dos clássicos em termos de automóveis antigos. Estive nesta ilha caribenha durante o meu curso de espanhol em Cuba e foi uma experiência de vida fascinante. O meu intercâmbio em Cuba, eu optei por fazer o curso de espanhol com hospedagem, alimentação e atividades de lazer incluídas e curti as praias desta linda ilha e me encantou profundamente. O povo cubano também é muito acolhedor e parece um pouco com a espontaneidade do brasileiro. Eu estudei em uma típica escola de espanhol em Havana bem no centro da cidade chamada Sprachcaffe e fiz várias amizades. Tenho muitas saudades desta ilha e espero um dia voltar e deixo aqui a dica da escola http://www.sprachcaffe.com/portuguese/study_abroad/language_schools/havana/main.htm . Estudar espanhol em Cuba foi um sonho!

Comments

© 2012 Blog Sem Destino. All rights reserved.
css.php
Get Adobe Flash player