Dicas para curtir Bonito-MS numa boa

By | April 18, 2012 at 9:19 pm | 14 comments | Bonito | Tags:

Bonito, no Mato Grosso do Sul, realmente é um lugar especial. Na minha última visita à cidade, fiz vários vídeos, mas fiquei devendo posts explicando um pouco mais sobre esse paraíso e suas diversas atrações. Praticamente um parque de diversões para os amantes da natureza. A energia do lugar é incrível. Cada lugar que você olha tem uma paisagem, uma cor, um animal, uma textura diferente. As cachoeiras, as árvores, as plantas, os pássaros, os pastos, as pessoas… tudo parece ter sido colocado alí com o simples propósito de deixar-nos de queixo caído. Para quem se empolgou e deseja embarcar nessa aventura, seguem algumas informações básicas. E não deixem de assistir aos vídeos da viagem (listados no final do post) e aguardem os próximos posts com informações sobre os passeios.

Bonito é lindo

Prometi para mim mesmo que não ia fazer esse trocadilho, mas é inevitável. Cada piscada de olhos, é como se você estivesse tirando uma foto, guardando no fundo da mente aquelas imagens que parecem saídas de um filme. Em que outro lugar do mundo você pode acompanhar de carro o voo de um tucano, ou parar no meio da estrada para dar passagem a um tamanduá bandeira, ou assistir a uma revoada de araras, ou acompanha o passeio de uma família de macacos, ou, ou, ou…

Bonito é organizado

Turismo em Bonito tem hora marcada, as trilhas têm escadas, corrimão, pontes e calçadas. Para fazer qualquer passeio, só com guia, e só com um voucher adquirido em uma das muuuuuitas agências de turismo da cidade (algumas de reputação duvidosa… cuidado). Todos trabalham na preservação da natureza, investindo em um turismo sustentável. Nos passeios, a segurança está sempre na pauta, ditando o que podemos ou não fazer (o que às vezes tira um pouco da liberdade, como pular de uma rocha na cachoeira) e o que devemos usar para nos proteger. A cidade é limpa, com calçadas e bons restaurantes. O sistema de transporte (com taxis e mototaxis) é eficiente e confiável… e por aí vai.

Bonito é caro

Você não achou que fosse pagar barato para ter tudo o que eu citei acima, né? Toda a exuberância, organização e preservação da natureza tem o seu preço, e ele pode ser alto. Há passeios que chegam a custar mais de R$ 500. O que eu posso dizer é que vale cada centavo. Se todos os destinos turísticos do Brasil tivessem os atrativos que Bonito tem, com a consciência que os agentes e moradores têm de que esta é uma das principais fontes de renda da cidade (sendo a outra  a pecuária, que convive pacificamente com o turismo), com certeza o país teria muito mais turistas desembarcando todos os dias. O fato de valer a pena não quer dizer que você não vá sentir no bolso, mas com certeza não se arrependerá por isso.

Chegando lá

Bonito tem um aeroporto, mas ele só opera dois dias por semana (quintas e domingos). A Trip tem voos regulares para lá, mas o ticket de ida e volta saindo do Santos Dumont, no Rio de Janeiro, chega a custar uns R$ 1.750. Outra opção, bem mais barata mas também mais demorada, é voar para Campo Grande e de lá pegar uma van, ao custo de R$ 70 a R$ 100. A viagem dura cerca de 4h30m e as vans nem sempre saem em um horário muito conveniente. A minha viagem, por exemplo, acabou durando 12 h no total. Sai do Rio de Janeiro às 7h30m em um voo da Azul, que tem aquela paradinha básica em Campinas. Cheguei em Campo Grande às 11h30, mas só tinha van saindo às 15h. Cheguei em Bonito às 19h30. O serviço que eu usei, e recomendo, é o da Vanzela, mas você pode organizar com o hotel ou albergue onde vai se hospedar. Se você preferir tentar a sorte, pode simplesmente chegar no aeroporto e verificar a saída da próxima van no guichê de informações ao turista. Há ainda uma terceira opção, pegando um ônibus na rodoviária de Campo Grande. O ônibus tem saídas às 7h, 9h, 11h, 15h30 e 16h, e a viagem pode levar umas 6h.

Hospedagem

O que não falta em Bonito são opções. Albergues, pousadas, hotéis, hotéis fazenda… Como vocês sabem, eu sou fã de albergues, e encontrei um muito bom por lá. O Bonito Hostel tem excelentes preços, boa localização, staff animado, mesa de sinuca, piscina, wi-fi grátis, área de camping, agência de turismo própria, quartos coletivos e individuais etc… Devo deixar claro aos meus leitores que fui convidado por eles para essa viagem, mas se eu não tivesse gostado do lugar, com certeza não teria feito essa propaganda toda. Ah, uma vantagem do albergue é que, se você for associado da Hostelling International, vai ter desconto em muitas das atrações.

Locomovendo-se

O transporte em Bonito é feito basicamente de taxis e mototaxis. De carro, cada deslocamento dentro da cidade sai a R$ 10, de moto o valor cai para R$ 4. Até aí tudo bem. O problema é que muitos passeios são longe da cidade, e o valor dos deslocamentos pode até ultrapassar o dos passeios. Vamos aos exemplos: ida e volta para a Boca da Onça, que fica a uns 60km em estrada de terra, custou R$ 40 em uma van dividida com outras pessoas. Já a ida ao Rio da Prata não teve jeito. Ninguém mais estava indo para lá no mesmo dia e horário que eu, então tive que pegar um taxi só para mim pela bagatela de R$ 150 (o passeio lá custa R$ 110). Minha sugestão é: tente marcar tudo antes de sair de casa, inclusive o transporte, para não ter essas surpresas de última hora. Se você estiver sozinho, opte sempre pelo mototaxi.

Tirando dinheiro

Se você é cliente do Banco do Brasil ou do Bradesco, pode pular para o próximo tópico. Se você não for, pode ter algumas dores de cabeça. Bonito possui apenas agências dos bancos já citados, e não há caixas 24 horas. Em uma cidade onde você só se desloca de taxi, isso pode ser um problema. Eu consegui me virar apenas com cartão de crédito e de débito, mas deixei de ir jantar na cidade umas duas vezes porque não tinha dinheiro para o taxi. Tentei os caixas eletrônicos dos bancos da cidade, usando a função cartão de crédito, mas não saiu nem um centavo. Eu tenho Itaú e Real, e nenhum dos dois funcionou. Os gringos que estavam comigo tiraram dinheiro na boa. Me disseram que seria possível eu tirar dinheiro diretamente na agência do BB, ou na casa lotérica, mas eu acabei nem tentando. Se alguém souber sobre isso, por favor, deixe nos comentários para eu atualizar aqui.

Agências de turismo

Você precisa delas para tudo o que for fazer por lá, então vale a pena escolher bem. Se você se hospedar no Bonito Hostel, sem problemas, eles tem a própria agência e você nem precisa sair do albergue para organizar sua vida. A maioria das agências realmente trabalha direitinho e você não terá problemas se entrar, por exemplo, em uma Ygarapé Tour, Bonito Way, Bonitour… Como os valores dos passeios são estabelecidos pelo Comtur de Bonito, os preços são iguais em todas as agências.

Crianças

Por medida de segurança, os principais passeios de Bonito, como a Gruta do Lago Azul, o Rio da Prata, o bóiacross e outros mais emocionantes são proibidos para os pequenos, que acabam ficando restrito aos balneários. Bonito só começa a valer a pena para crianças a partir de 8 anos de idade.

Quando ir

Bonito pode ser visitado a qualquer época do ano, mas o pessoal de lá indica a visitação entre dezembro e março, porque a vegetação está mais verde e exuberante. Minha dica é, fuja dos meses de alta temporada, pois os passeios ficam lotados e os preços, bem mais salgados. Eu fui em setembro e Bonito estava sem chuva havia três meses, mas a vegetação estava verde e os rios e cachoeiras, com água à vontade. Passei um pouco de frio, em um inverninho fora de época, mas nada que me impedisse de mergulhar e de curtir todos os passeios. Além disso, aproveitei alguns dos passeios com grupos pequenos, sem filas, empurra-empurra e brigas pelo melhor lugar.

Quanto tempo ficar

Eu fiquei cinco dias… e não consegui fazer tudo o que queria. Acho que cinco dias é o mínimo. Há passeios que duram o dia inteiro (caso do Rio da Prata, da Estância Mimosa e da Boca da Onça) e são indispensáveis. Se você ficar menos do que isso, vai acabar sentindo que não aproveitou.

Aluguel de câmeras subaquáticas

Diversos lugares de Bonito oferecem o aluguel de câmeras digitais com caixa estânque por cerca de R$ 30 a diária, incluindo aí a gravação das fotos em um CD. Se você não tem uma câmera que tire foto embaixo d´água, vale a pena. As câmeras utilizadas são, em sua maioria, Sonys da série W, que fazem boas fotos e vídeos.

Assista aos vídeos de Bonito:

Bonito 1ª Parte – Mergulho no Rio Formoso

Bonito 2ª Parte – Trilha da Boca da Onça

Bonito 3ª Parte – Estância Mimosa

Bonito 4ª Parte – Rio da Prata e Buraco das Araras

Bonito 5ª Parte – Gruta do Lago Azul

bonito, ms

14 Comentários

  1. Bóia Paulista (1 year ago)

    Oi, Pedro. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos,
    Bóia

  2. Pedro Serra (1 year ago)

    Valeu, amigos!!! Fico feliz!

  3. Cristiana (1 year ago)

    Oi Pedro,

    Gostei muito do post de Bonito. Tou pretendendo conhecer em janeiro próximo. Sabe me dizer se é uma boa época?

    Obrigada.

  4. Pedro Serra (1 year ago)

    Cristina,

    atualizei o post com a informação de quando ir e quanto tempo ficar. Ainda bem quer você me perguntou, porque eu havia esquecido.

    Um abraço,

    Pedro Serra

  5. Cristiana (1 year ago)

    Oi Pedro,

    Muito obrigada pela atenção e pela resposta rápida. Eu concordo com vc que tirar férias fora de época é a melhor pedida, mas – infelizamente – o trabalho não permite. Minha idéia é aproveitar Bonito na primeira semana de janeiro (torcendo prá que a galera não invada a cidade) e, pelo menos, vai ser na época que eles consideram boa pros passeios.

    Já que achei o caminho do seu blog, voltarei sempre. Gostei muito das informações, da qualidade do texto e das imagens.

    Até a próxima,

  6. Claudia (1 year ago)

    Obrigada pelas dicas, vou agora dia 6 de julho, 4 adultos e 3 criancas, tenho só receio do frio e nao poder aproveitar as cachoeiras, flutuacao, enfim, vou de aviao ate C.Grande e de la vamos alugar um carro, estou indecisa de fechar os passeios de Bote e flutuacao , por causa do frio, mas estamos tdos empolgados com a viagem.

  7. Helen (1 year ago)

    Tbm vou em julho, a dificuldade que acho é na hora de montar o roteiro de passeios, ja q o tempo é curto e queremos aproveitar ao maximo essa beleza de lugar, e tbm é escolher a agencia de viagens, estou pesquisando nos comentarios na net e enviando email p agencias sobre os preços que dizem sao tabelados, mas ja recebi alguns emails com valores variando de agencias, tbm fico na duvida porq vou levar crianca e nao sei se relamente vale a pena os passeios em agua com eles por conta do clima doido q estamos vivendo, e o unico periodo q consegui foi agora em julho, a expectativa é grande, vamos em 2 familias saindo Curitiba de aviao ate Campo Grande e la alugamos carro grande p irmos tdos juntos, ja temos hospedagem, ja conheco bonito, fui varias vezes, mas sempre em meses de calor, e sei q vai valer a pena levar os amigos e filhos, minha preocupacao mesmo é com o clima q pode ta frio e nao da p entrar na agua.

  8. Lorena (1 year ago)

    Great stuff. I love the pictures and the layout. Keep updating the site it will flourish. So No Brasil!

  9. Bonito, MS – uma visita ao Balneário Municipal (1 year ago)

    [...] Leia todas as dicas para curtir Bonito numa boa [...]

  10. Bonito, MS - Mergulhando no Rio Formoso - Blog Sem Destino (1 year ago)

    [...] Leia todas as dicas para curtir Bonito numa boa [...]

  11. Lorena (1 year ago)

    fotos para facebook. so no brasil

  12. André (5 months ago)

    Oi Pedro,
    Tudo bem?

    Primeiramente parabéns pelo belo post!

    Andei vendo mas não tive uma resposta firme nos posts que ando lendo, Será que vale apena alugar um carro em Campo Grande para fazer o deslocamento entre Campo Grande x Bonito, deslocamentos para os passeios e por fim o trajeto de retorno de Bonito x Campo Grande?

    Abs

    André

  13. Pedro Serra (5 months ago)

    Oi André,

    eu acho que vale a pena sim, pois o transporte às vezes pode sair um pouco caro, principalmente para atrações mais distantes como o Rio da Prata. Isso depende também quantas pessoas estão viajando com você. Você tem que calcular o número de pessoas x traslado Cpo.Grande Bonito + deslocamentos para os passeios e comparar com o valor do aluguel do carro. Se você estiver sozinho, aí já é um caso a se pensar pois é apenas um traslado e para as atrações mais próximas de Bonito você pode ir de mototaxi e para as atrações mais distantes, você pode tentar combinar de rachar com outros hóspedes do hotel ou albergue onde você vai ficar. Aí acaba saindo mais barato que o carro alugado.

    Respondi tudo? Se ainda tiver alguma dúvida, pode mandar que eu tento ajudar.

    Abraço,

    Pedro

  14. Karine Silva (2 months ago)

    Gostaria de saber se dá para ir de mototáxi do centro de Bonito para o Balneário Municipal. Estou assustada com o valor dos transportes que as agências estão me cobrando. Então como acho que o Balneário fica próximo do centro pensei em ir de moto táxi. Já os outros passeios, não há outro jeito…

    Abraços,

    Karine.

Comments

© 2012 Blog Sem Destino. All rights reserved.
css.php
Get Adobe Flash player